Equipes LGBTQI+ desafiam preconceitos e ressignificam as relações com os esportes. Gays, lésbicas e bissexuais superam o medo e mostram pioneirismo.