Chamo-me Raull Santiago, tenho 30 anos e vivo no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio de Janeiro. Sou ativista de Direitos Humanos, empreendedor e envolvido com movimentos sociais que visam garantir direitos para a juventude negra das favelas e periferias.

No final de 2019, vendo as mensagens recebidas no meu Instagram, havia uma representante brasileira do Projeto Everyone, criado por Richard Curtis, em 2015, para monitorar o andamento do acordo histórico feito por 193 países, dentro da ONU naquele ano, se comprometendo em, até 2030, avançarem com os Objetivos Globais para o Desenvolvimento Sustentável - ODSs. O contato era para dizer que todo ano a instituição realiza uma campanha para chamar atenção sobre a urgência de se fazerem valer os ODSs e que este ano seria ainda mais importante. Por estarmos na década do prazo acordado para a construção de um mundo com menos pobreza, mais direitos e com a melhoria do clima, possa ser mais realidade do que as utopias. Rita, da Everyone, me convidou para ser uma das 20 pessoas a puxar essa campanha tão urgente e importante. Com a hashtag #GlobalGoals, a missão era fazer pressão nos líderes globais e mobilizar a sociedade civil mundial sobre a importância de dedicarmos amplo foco e dar a devida importância aos ODSs.

#Globalgoals

Fui chamado para somar a outros 19 ativistas, que seriam signatários de uma carta aberta global, direcionada para essas lideranças mundiais a arcarem com a responsabilidade do que firmaram naquele acordo histórico. Fui o único ativista brasileiro numa carta com pessoas importantíssimas na construção de um mundo melhor, mais justo, mais digno e vivo, ao lado de nomes como a Dr. Alaa Murabit, Nadia Murad, Melati Wijsen, Kennedy Odede, Trisha Shetty, Malala e Emi Mahmoud.

Junto à essa carta de 20 das mais relevantes ativistas mundiais que estão liderando ações pelo mundo, foram convidadas mais 2000 pessoas para co-assinar conosco. Somando 2020 pessoas. Estrelas e personalidades usando suas forças e se unindo ao nosso ativismo mundial, de todas as idades, lutando pelas mais diferentes ideais. E foi assim que, no dia 20 de janeiro, colocamos no ar a campanha #GlobalGoals, com um vídeo sobre a nossa carta aberta.

  • #1 :: ERRADICAÇÃO DA POBREZA
    Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares.
  • #2 :: Fome zero e agricultura sustentável
    Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável.
  • #3 :: SAÚDE E BEM ESTAR
    Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todas e todos, em todas as idades.
  • #4 :: educação de qualidade
    Assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todas e todos.
  • #5 :: IGUALDADE DE GÊNERO
    Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas.
  • #6 :: ÁGUA POTÁVEL E SANEAMENTO
    Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todas e todos.
  • #7 :: ENERGIA LIMPA E ACESSÍVEL
    Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todas e todos.
  • #8 :: TRABALHO DECENTE E CRESCIMENTO ECONÔMICO
    Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação.
  • #9 :: indústria, inovação e infraestrutura
    Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação.
  • #10 :: REDUÇÃO DAS DESIGUALDADES
    Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles.
  • #11 :: CIDADES E COMUNIDADES SUSTENTÁVEIS
    Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.
  • #12 :: CONSUMO E PRODUÇÃO SUSTENTÁVEIS
    Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.
  • #13 :: AÇÃO CONTRA A MUDANÇA GLOBAL DO CLIMA
    Tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos, Reconhecendo que a Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima [UNFCCC] é o fórum internacional intergovernamental primário para negociar a resposta global à mudança do clima.
  • #14 :: vida na água
    Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.
  • #15 :: vida terrestre
    Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade.
  • #16 :: PAZ, JUSTIÇA E INSTITUIÇÕES CONFIÁVEIS
    Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.
  • #17 :: PARCERIA E MEIOS DE IMPLEMENTAÇÃO
    Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

Para mais informações sobre a campanha, acesse  https://watch.globalgoals.org/pt/, onde conta a nossa assinatura das 20 signatárias, mais o nome das 2 mil pessoas globalmente conhecidas que co-assinam conosco e também um espaço para quem mais quiser assinar e se juntar a nós.

Eu acredito que podemos acabar com a pobreza, reduzir as desigualdades e pôr fim à crise climática. É isso só será possível com informação verdadeira e apoio da sociedade, para que possamos tornar real o plano pelos ODSs até 2030 no mundo.

Podemos e devemos ser a geração que erradicará a pobreza extrema, combaterá a injustiça e a desigualdade e acabará com as mudanças climáticas.

Imagens: iStock by Getty Images /  Texto: Raull Santiago

compartilhe

continue com gente

Educação dialógica democrática

Metodologia Incluir Para Transformar – conjunto de métodos, procedimentos e ferramentas pedagógicas que proporcionam uma aprendizagem de qualidade.

15 out 2019

por Futura

Expoentes Culturais

Diálogo – Conexão que atravessa bolhas

Um estudo sobre a qualidade da comunicação nos relacionamentos humanos contemporâneos – afinal, estabelecer diálogo é fundamental para a conexão real

14 jul 2019

por Globosat

Comportamentos Emergentes

A transformação do feminino

Noções do que é feminino se distanciam de antigas limitações sociais e ampliam seus significados para uma fluidez que vai além do binarismo de gênero

2 set 2019

por GNT

Além do Gênero

A potência da diversidade

“Gente Conversa”, programa #1: como a diversidade é capaz de transformar a comunicação das empresas e seu papel na sociedade.

20 maio 2019

por Globosat

Além do Gênero

Comunicação, uma questão de acolhimento

Os meios digitais nos dão a sensação de que nunca antes tivemos tantos canais para nos comunicar, mas isso não significa que melhoramos as nossas habilidades em comunicação.

17 jan 2019

por Update or Die

Comportamentos Emergentes

Diversidade é o futuro

Se a diversidade é tão potente, por que o tema ganhou força só agora? E como os brasileiros enxergam essa pluralidade: de forma positiva ou negativa?

10 jan 2019

por Globosat

Expoentes Culturais