Podcast

Distopias para que te quero

Gente Investiga, programa #3: um bate-papo sobre ficção científica e por que ela é tão necessária para debater assuntos importantes e atuais.

15 jul 2019 | Expoentes Culturais

por Globosat

O terceiro programa de Gente Investiga aborda a ficção científica e explica por que ela é tão necessária para debater assuntos importantes e atuais. Para o papo, Lady Sybylla é a convidada do episódio com a apresentação de Túlio Custódio.

Fã incondicional e escritora de ficção científica, Lady é conhecida como capitã da Frota Estrelar e explica a relação entre o gênero e a realidade fazendo referência ao livro “Homo Deus”. “Noah (o autor Yuval Noah), fala que a ficção científica é o único gênero literário que te dá as ferramentas para fazer as discussões do presente. Não que uma ficção literária comum, clássica, não possa fazer, mas às vezes a audiência não quer aquela discussão na literatura ou no entretenimento.”, explica.

De acordo com Lady, muitas vezes o público não quer que a ideia de utopia seja distorcida ao criar uma polêmica em cima de um momento de diversão, por exemplo. Nesse cenário, a maioria das pessoas tende a enxergar a ficção científica como uma viagem fora da realidade. Para a convidada, é preciso ser mais pé no chão, encarar o conteúdo e aprender com a experiência do outro. “Se você lê uma coisa que é igual a você, o que você está aprendendo? Então, quando a gente lê pela perspectiva do outro, a gente vê mundos que estavam fechados antes.”, afirma Lady.

“Distopias Para Que Te Quero” é inspirado no estudo Medo, publicado em parceria com a FCB, que está disponível na íntegra aqui em Gente.

Clique aqui e assine os podcasts "Gente Investiga" com seu player favorito.

compartilhe

continue com gente

Diálogos entre muros

Gente Conversa, programa #4: Cada vez com mais frequência a sociedade enfrenta dificuldades para se reconectar com uma boa conversa. Quais são os caminhos?

26 ago 2019

por Globosat

Comportamentos Emergentes

Narrativas (des)construídas

Descubra as tendências de produção e consumo de narrativas, mostrando a diversidade dessa cena que amplia o alcance de vozes

13 jul 2019

por Globo

Expoentes Culturais

Medo

Novas formas e expressões do medo na contemporaneidade refletem inquietações derivadas da interação entre os mundos real e virtual

20 dez 2018

por FCB

Comportamentos Emergentes