Divisão dos gêneros

considerando a classificação binária da ferramenta de monitoramento.

O assunto nas outras redes sociais

    Twitter
    Blogs & Portais
    Facebook
    Youtube
    Tumblr

Alcance potencial

entre 15 e 18 de Julho de 2019.

76% favor

"Sumiram os likes, que irado!"
"Agora vou poder postar fotos sem ser julgado."

24% contra

"Achei que ficou ruim."
"Fica difícil o stalk desse jeito."

72% ironia

"Tanto faz."
"Fim dos influencers."
Memes / Piadas

28% dúvida

"Gente, o que houve?"
"Só o meu está normal?"
"Sticker de música sumiu..."

Repercussão na mídia e influenciadores

Fonte: Meio & Mensagem

Fonte: @felipeneto

A política dos likes

O assunto invadiu as redes sociais de alguns políticos brasileiros, que contribuíram para fomentar a discussão na rede sobre liberdade de expressão, movimentos políticos-sociais e ideológicos.

Top hashtags

#instagram
#likes
#curtidas
#instagramlikes

Repense o conteúdo

Mais do que o volume de likes, a mudança ressignifica a relevância do conteúdo. Gerar conexão e verdade no discurso será ainda mais importante. Já a escolha dos creators estará cada vez mais alinhada aos valores da marca e da base de seguidores.

Adeus, like.
Olá, comentários!

Os comentários ganham um novo status com as mudanças do Instagram. Se antes o número de corações era uma das principais métricas, a discussão gerada pelo post pode se tornar um dos indicadores do sucesso de uma postagem. Como acertar? Criativos e textos andam mais juntos do que nunca. Conteúdos de qualidade alinhados aos valores da marca e que estimulem o engajamento do público são ainda mais necessários para o sucesso de um perfil.

Metodologia is the new black.

As metodologias e mapeamento, classificação e seleção de influenciadores, marcas e parceiros, também ganham peso com a novidade do Insta. O "achismo" perde força e as métricas qualificadas para mensurar o engajamento e sua credibilidade assumem de vez o comando.

fonte: In Press.

compartilhe