Centrado em vídeos curtos e comandado pela startup chinesa eleita a mais valiosa do mundo em 2018, o aplicativo TikTok foi o quarto mais baixado no mundo para iOS e Android em 2018 e já ultrapassou a marca de 500 milhões de usuários ao redor do mundo. Com foco no público adolescente – a maioria dos usuários têm menos de 24 anos, e uma parcela significativa está abaixo dos 20 – o TikTok permite criar vídeos curtos, de 15 segundos de duração, nos quais a proposta é brincar de dublar uma música. Essa função foi sendo expandida pelos usuários, que passaram a criar memes únicos, fazendo com que a rede alcançasse ainda mais popularidade entre os jovens. 

Os vídeos do TikTok parecem palhaçadas, mas a estratégia para dominar a mídia social é séria. No Brasil, o TikTok ocupa a 31º posição na loja de aplicativos do Google e ainda não aparece no top 100 da App Store.

expressão em movimento

expressão em movimento

expressão em movimento

O formato GIF foi criado em 1987, quando a internet como conhecemos ainda engatinhava. O objetivo inicial era criar um tipo de imagem colorida com poucos bytes, facilitando sua inclusão em sites. No mesmo ano, surgiram os GIFs animados e a rede mundial de computadores nunca mais foi a mesma. Hoje, usando o aplicativo GIPHY CAM, The GIF Camera ou GIF Maker você pode captar imagens com a câmera do seu smartphone e adicionar filtros com cores e texturas, animações dos mais variados tipos, stickers e mensagens divertidas. Para não cair na monotonia, o app sempre recebe atualizações com novos temas para incrementar seus GIFs.

Essa busca por aplicar efeitos e movimento na maneira como nos expressamos também explica o novo hábito de colecionar stickers em redes no Telegram e no WhatsApp. Segundo Brad Kim, editor chefe do site Know Your Meme dedicado ao estudo dos memes, ao jornal americano The Wall Street Journal, a “receita” para recriar memes mais criativos e impactantes nasce da possibilidade de incluir uma trilha sonora chamativa, atrelada a um tipo de assinatura visual reproduzível e uma reviravolta engraçada. Para Brad, todo tipo de novidade relacionada às redes sociais deve parecer estar viva e reproduzir movimento.

Usadas em milhões de memes espalhados pela rede, os estilos de letras haviam sido esquecidos até então, mas foram ressuscitados numa nova onda visual que remete à um tipo de expressão “futurista” que surgiu nos anos 90. Compartilhados de forma muitas vezes irônica, esse tipo de arte tem aparecido até em roupas e inspiram o movimento vaporwave, dos memes e de artes variadas.

compartilhe

continue com gente

Berço memético

Comunidades e grupos fechados on-line são a fonte por trás dos memes mais populares da internet

15 out 2019

por Globosat

Expoentes Culturais

Meme pra que te quero

De que formas os memes estão sendo utilizados como recursos comunicacionais para atingir públicos específicos.

27 set 2019

por Globosat

Expoentes Culturais

Meme não é modinha

Meme não se resume a um padrão estético ou a uma piada. Meme vai muito além. É capaz de construir pontes e ao mesmo tempo reforçar polarizações.

26 jul 2019

por Consumoteca

Expoentes Culturais

O Forninho dos memes no Brasil

“Gente Conversa”, programa #3: mutante e irrastreável – o surgimento dos memes e a atual função dessa linguagem na comunicação.

1 jul 2019

por Globosat

Expoentes Culturais

Meme combina com política?

O jogo político é feito por disputa de narrativas – e os memes podem criar diálogos e também duelos.

27 jun 2019

por Consumoteca

Expoentes Culturais

In meme we trust

A cultura dos memes ultrapassa os limites do humor e passa a pautar as complexidades da nossa comunicação com o mundo

29 maio 2019

por Consumoteca

Expoentes Culturais