Vídeo

Mulheres no Futebol

Minidocumentário debate sobre a história da mulher no Brasil, com foco no universo do futebol, e aborda a evolução feminina ao longo dos anos no esporte.

22 maio 2019 | Além do Gênero

por Vox We Study People

Em um momento em que a Seleção Brasileira feminina se prepara para entrar em campo em mais uma Copa do Mundo da Fifa, um minidocumentário para reforçar o debate sobre a presença das mulheres em um ambiente, até então, considerado machista: o futebol. 

Entre em campo e aperte o play.

A história tem o maravilhoso poder de esclarecer o passado e transformar o presente. Em tempos de fake news, em que capítulos terríveis da trajetória do Brasil, como a ditadura e a escravidão, são ora negados ora legitimados, conhecer a história torna-se ainda mais fundamental para nossa emancipação como pessoas e como sociedade.

Saber, por exemplo, que existiu uma lei no Brasil, de 1941 a 1979, que proibia as mulheres de praticar esportes que exigiam força, incluindo o futebol, é tão chocante quanto libertador. Isso explica a falta de investimentos no esporte feminino, além de clichês como “futebol é para homens” ou “mulher não sabe jogar bola”.

Explica também porque temos apenas uma jogadora fora de série como Marta e ainda tão poucos talentos como os de Aline Pellegrino, Pretinha, Formiga e Gabi Zanotti.

 

"A Copa da Rússia foi um marco nesse sentido, com uma participação inédita de mulheres nas transmissões, nos bastidores, na torcida e em campo, discutindo assédio, igualdade e representatividade como nunca."

 

Mas quantas Martas poderiam existir se essa lei não tivesse sido criada? Já parou para pensar no tamanho do mercado consumidor que está ficando de fora?

Esse minidocumentário - feito em parceria pela Vox e o SporTV - é uma tentativa de resgatar e debater um pouco da história da mulher no Brasil, com foco no universo do futebol, para continuar apoiando o empoderamento feminino que ganha força a cada dia no esporte e em diversas áreas da sociedade.

A Copa da Rússia foi um marco nesse sentido, com uma participação inédita de mulheres nas transmissões, nos bastidores, na torcida e em campo, discutindo assédio, igualdade e representatividade como nunca.

Mas a Copa do Mundo de Futebol Feminino da França, em 2019, vai inaugurar uma nova era para a modalidade ao colocar as mulheres no centro do palco como protagonistas para o grande público. O evento, que está em sua oitava edição, será transmitido na íntegra pela primeira vez ao vivo no Brasil pelo SporTV.

Parabéns ao canal pela atitude. Estamos na torcida para ver florescer e se consolidar um novo mercado e uma nova postura de marcas e pessoas.

Assistam, reflitam, compartilhem!

Francisco Freire é Diretor Executivo da Vox We Study People, empresa especializada em pesquisas de comportamento e consumo. É fã de esportes femininos, principalmente surf e tênis e vai assistir a Copa 2019.

leia-mais-azul
Torcedores do Brasil

 

TORCEDORES DO BRASIL

Uma análise da relação do brasileiro com a Copa do Mundo desvenda como o maior evento do esporte global é capaz de despertar paixões e parar o país.

portas-abertas-esporte

 

PORTAS ABERTAS PARA OS ESPORTES

Equipes LGBTQI+ desafiam preconceitos e ressignificam as relações com os esportes. Gays, lésbicas e bissexuais superam o medo e mostram pioneirismo.

compartilhe